terça-feira, 24 de dezembro de 2013

SONHO

"SONHO"

Baloiço pelos ventos do mar
Crepúsculos das árvores sem folhas
Nuas despidas cansadas ao vento
Com a lentidão da morte anunciada
Procuro um coração sem aço
Que importa se é noite, se é dia
Baloiço ao vento como as ondas do mar.

MariaIsabelMoraisRF