sexta-feira, 16 de agosto de 2013

"CONFIDENTE"

"CONFIDENTE"

Como posso
Viver longe de ti?
Como posso esquecer-me
Dos teus carinhos
Do teu corpo ardente
Dos teus beijos
Da tua boca
Do teu cheiro
Como posso esquecer o teu aroma
O teu olhar
O teu perfume envolvente
O calor das tuas mãos
Tu és o meu cavaleiro andante
Solitário, vagabundo
Amante, amigo e confidente.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca