sexta-feira, 12 de julho de 2013

SENHOR

SENHOR

...........Senhor todas as injustiças
Todas as amarguras, todas as humilhações
.......Todas as mágoas, todos os ódios
Todos os desesperos, todos os sofrimentos
São como uma fonte insatisfeita
Que não brota água e sentem uma fome de amor
............Pense nisso e sorria
Que as nossas horas sejam sempre cheias de felicidades
As nossas tardes e noites sejam mágicas
E que muitas flores enfeitem o nosso caminho.
Que não tenhamos medo de caminhar
Mesmo por espinhos, silvas, urtigas, por rios, fragas e vales.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca