sábado, 29 de junho de 2013

HÁ PESSOAS

HÁ PESSOAS

Há pessoas que eu conheci e conheço.
Que passaram e passam pela minha vida
Que eu sempre gostei, que sabem tudo de ti
Quando estás triste ou alegre, só de olhar
Sem encostar um dedo, como se vissem a nossa alma
E das que entram inteiras sem interesse, com muita amizade e lealdade
Raramente encontrada, nos dias de hoje
Há outras que são a maior desilusão, cobras invejosas e maldosas
Lobos em pele de cordeiros
Que nos partem o coração e apunhalam-nos pelas costas

Isabel Morais Ribeiro Fonseca