domingo, 15 de julho de 2018

╭✿ ♥ COM DOR ╭✿ ♥ 🌷 🙏


COM DOR 🌷 🙏

Com pena minha escrevo
Todas as dores do corpo
Becos lamacentos por aí
Nos abismos entre desertos
Obstáculos correm nas veias
Sangrentos pés arrastados
Velhos farrapos vestidos
Ferido corpo na areia quente
Impulsos ferozes nos canteiros
Lá de casa definições marcadas
Vendaval perdido no mar
De tantos sentimentos de piedosas
Intentações já no inferno
Carrego os olhos cansados
Nas ironias esquecidas de ninguém
Rasgo o ventre de minha mãe
Sem ter intenção de o fazer
Morro de cansaço no moinho ao vento.


╭✿ ♥

Isabel Morais Ribeiro Fonseca