domingo, 14 de janeiro de 2018

AMOR 🌹

AMOR

Oiço os teus gritos mudos
No querer gritar contigo
As mesmas palavras mudas
Arrancar-te as dores presas
De uma prisão sem portas
Onde os teus olhos choram
No desassossego dos dias
Da tua ou minha solidão.
(¯`⋎´¯)
.`•.¸.•´🍃🌹


Isabel Morais Ribeiro Fonseca