terça-feira, 21 de junho de 2016

TORTAS LINHAS



TORTAS LINHAS

Transformo as linhas tortas
Na madrugada, onde o silêncio
Voa com os meus pensamentos
Vazios que completam os dias
Vadios no corpo em alma morta
Falam as flores, calo as dores
Sinto o fel amargo no coração
A minha alma vaza de lágrimas
Uma sensação de um total vazio
Sem esperança que não consigo
Controlar transformando as linhas
Tortas em silêncio nesta madrugada.

ღ❣•*¨*•.¸¸ƸӜƷ.¸¸.•*¨*•❣ღ

Isabel Morais Ribeiro Fonseca