quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

ANJO DE LETRAS

ANJO DE LETRAS

Deslizam das minhas mãos as palavras
De todas as cores os meus próprios silêncios
Do sol as letras que se escondem das sombras
Conto os dias, as noites na ponta dos meus dedos
Da nudez solta ao vento por intensos egos
Pinto a minha doce saudade em amargas lágrimas
No tempo que se esquece num corpo queimado
Entre as cicatrizes marcadas cheias de emoções
Nas papoilas entre os dedos de uma mera calçada
Só tu estás impregnado em mim, cheiro-te em mim
Sabes-me na saliva que te liberto só de te escrever
Tu és um anjo que velas por mim - fazes-me tua
No amor que fala em suaves pautas, na ternura
Em belas melodias, Entre o desejo em forma de canção
Toco na tu pele com as pontas dos dedos
Ancoro os meus lábios nos teus meu anjo de letras.

 Isabel Morais Ribeiro Fonseca



༺♥༻༺♥༻
ღڪےღڰۣ✿ ღڪےღڰۣ✿‎ Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ