segunda-feira, 19 de maio de 2014

DEVOLVE-ME

 DEVOLVE-ME

Meu amor
Devolve-me a minha alma.
Que a perdi.
Com ela a alegria.
Os sorrisos.
Os sonhos.
Doem-me os olhos.
Deste pó.
Devolve-me.
Talvez uma lágrima.
Apenas uma.
Por favor meu amor.
Já não tenho mais sal.
Nem água cristalina nos meus olhos.
Para chorar e...
Aliviar a minha dor.
Devolve-me o meu coração.
Que está seco.
Como o sal da minha boca.
Das saudades.
Do teu carinho.
Dos teus beijos.
Que correm como um rio selvagem.
Devolve-me o perfume das rosas.
Aroma suave.
Dos nossos corpos suados!

Isabel Morais Ribeiro Fonseca