domingo, 25 de agosto de 2013

" MEMÓRIAS"

" MEMÓRIAS"

Quando eu morrer
Os meus amigos e familiares vão dizer
Que eu era boa pessoa que
Tinha um bom coração
Alguns acredito que choraram, a minha perda
A minha ausência
E vão querer fazer-me uma homenagem


Mas com o passar do tempo
Sei que deixaram de lembrarem-se
Que eu partir, serei apenas uma lembrança
Doce ou amarga, triste ou feliz
Apenas uma saudade do passado
Por isso se amas, trata-me com amor


Dê-me flores em vida
Não quando eu morrer, dê-me carinho agora
Dá-me a tua mão, chora comigo
Sente a chuva, a brisa
O vento, o canto dos pássaros
A tempestade, as ondas do mar
Areia nos pés, a agua doce, o orvalho da manhã
A lua, o sol, as estrelas
As crianças, a terra molhada, o cheiro da erva
O perfume das flores
O aroma do café, eu só quero ser feliz
Viver, sorrir, amar
Hoje e agora, porque amanhã só Deus sabe.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca