domingo, 14 de julho de 2013

PENA

 PENA

Sou mais leve
.....Que uma pena.
Que passa na multidão
........Que grita de desespero
Nas noites de solidão.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca