quinta-feira, 18 de julho de 2013

MINHA MÃE

 MINHA MÃE

Mãe eu preciso falar-te
De amor, da minha gratidão
Bendito o dia em que eu nasci de ti
Minha querida mãe e louvado seja Deus
Porque tu és a minha, querida mãe.
Quero beijar-te e abraçar-te mãe
Abrir os meus braços para abraçar-te
E para sorrir-te e dizer-te que amo-te mãe
Os momentos que passamos juntas eu não esquecerei
Nunca, nunca minha linda e querida mãe.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca