quarta-feira, 29 de maio de 2013

Senhor hoje foste a minha sombra fresca...

Senhor
Hoje foste a minha sombra fresca
Que me cobriu durante todo este dia
Foste a água que matou a minha sede
Foste o pão que saciou a minha fome
Como é bom estar de joelhos
Olhar para Ti e dizer que amo-te
Tu perdoas-me
Consolas-me e dás-me a paz eu tanto preciso.
No silêncio a Tua voz diz-me coisas que jamais ouvi.
Quero dizer-te apenas que estou aqui
Eu sei que não sou nada sem Ti.
Entrego-te a minha vida, seja para sorrir ou para chorar.
Toma o meu humilde coração

Isabel Morais Ribeiro Fonseca