terça-feira, 7 de maio de 2013

MINHA SÓ MINHA

 MINHA SÓ MINHA

A minha maior dor.
Que eu senti na vida foi ser ignorado.
De perder alguém que nos amava
E que depois deixou de se importar
É sermos deixados de lado por quem tanto nos apoiava.
A maior dor na vida não é morrer, mas ser esquecido.
É ver a indiferença num rosto amigo ou de um familiar
Quando abrimos o nosso coração, a nossa alma.
O que dói mais é ver aqueles que foram nossos amigos ou são
Sempre ocupados quando mais precisamos deles.
O que doí mais na vida é saber que fomos feitos para a dor e para o amor
Não quero mais sentir vergonha se não puder conter as minhas lágrimas.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca