quarta-feira, 3 de julho de 2013

"CORPO"

 "CORPO"

Sinto no meu corpo
Uma força que me leva até ti.
Quando o vento passa
E acaricia o meu rosto.
Sinto que são as tuas mãos a tocar no meu corpo.
Amo-te com os teus defeitos
Não sou perfeita.
Vieste como a brisa mar
Eu quero beijar-te
E levar-te ao céu, sentir o teu calor
Amar-te é entregar-me de corpo e alma.
Tu és fascinante é quero perder-me em ti amor
Quero beijar-te a noite toda e sem pressa
Sentir o sabor da tua boca
Querer sentir o teu corpo e o meu.
Estremecer de prazer de amor.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca