terça-feira, 14 de maio de 2013

SENHOR


Senhor.
Neste dia que amanhece.
Tu és a paz e a fonte da minha serenidade
Peço-te a bondade e a renúncia.
Quero aceitar o que não compreendo.
Quero servir sem olhar a quem.
Ir além das minhas dúvidas.
Dá-me a humildade para pensar antes de agir.
Quero sempre devolver amor em qualquer circunstância
Tu estarás sempre comigo
Ainda que eu ande no meio da escuridão
Faz com que não me perca no ódio
Perdoa todas as minhas fraquezas
E Senhor se eu não tiver forças para seguir
Quero estender as minhas mãos
Sei que as Tuas estarão sempre a espera das minhas.

Isabel Morais Ribeiro Fonseca